Endereço: Rua Pico das Águas, 499 - N S Graças
Fixo: (92) 3304-7986(92) / WhatsApp: 984403448 nasta@nasta-am.com.br

Histórico

Núcleo de Amparo Social Tomás de Aquino

Instituição sem fins lucrativos,

formada pelas filiais

Centro Espírita Tomás de Aquino, Abrigo Moacyr Alves, Casa da Santíssima,

Casa do Caminho e Lar Francisco de Assis

Um pouco de história…

Um dia, irmãos abnegados, pensando no bem, no amor e em servir ao próximo, resolveram fundar uma casa espírita. O ideal maior do pequeno grupo liderado por José Jerônimo de Jesus era de abrigar e consolar os caídos e estropiados.

lidadotempo

Centro Espírita Tomás de Aquino

ceta

Tudo começou há 63 anos… A denominação

“ Tomás de Aquino” foi dada pelo primeiro presidente

Sr. Jerônimo de Jesus.

O maior ideal de todos que aqui trabalham é levantar a bandeira da caridade, refazer seus valores e seu entendimento com relação à simplicidade do Evangelho.

Transpor interesses pessoais para que a caridade se torne

prioridade em nossas atividades. (Tarcísio)

No período de 1997 a 2000, o Centro Espírita Tomás de Aquino anexou quatro unidades à sua administração, dando vida e um novo direcionamento de trabalho nos locais,

sempre sob a ótica da doutrina.

Com esta nova reestruturação o Centro Espírita Tomás de Aquino recebeu, de bom grado, a tarefa de administrar as filiais, uma vez que esta era uma das finalidades desta Casa:

propiciar aos seus trabalhadores a possibilidade de exercer a caridade.

Abrindo estas oficinas de trabalho, possibilitamos a todos os trabalhadores da Casa a oportunidade da prática através da caridade.

A base de preparação para os novos trabalhadores que iriam atuar nessas frentes de trabalho seria a implantação dos estudos doutrinários no CETA.

Paralelamente a esse trabalho, o CETA criou e intensificou várias atividades assistenciais, e também possibilitou o estudo doutrinário nos anexos com o objetivo de que os trabalhadores voluntários oriundos da comunidade assumiriam a casa espírita, adquirindo autonomia.

Depois de anos atuando em comunidades, via unidades anexas, e tendo o Centro Espírita Tomás de Aquino assumido a responsabilidade da formação dos trabalhadores para estas oficinas, a direção da Casa percebeu que os objetivos foram alcançados.

O trabalho nas comunidades ampliou-se.

A arvorezinha ficou forte, começou a crescer e gerar frutos.

Houve então a necessidade de ampliar as proporções da fraternidade e em reunião de Assembleia Geral dos Trabalhadores em 2008, foi aprovada a criação do NASTANúcleo de Amparo Social Tomás de Aquino com as seguintes finalidades básicas:

–Realizar serviço de assistência e promoção pessoal, profissional, social, espiritual e religiosa;

–Criar obras de caráter beneficente, religioso, cultural, dentre outras áreas;

–Realizar atividades voltadas para melhorar a qualidade de vida das famílias nos seus aspectos físicos, psicológicos, intelectuais, culturais e éticos morais;

–Apoio escolar;

–Sensibilização para preservação do meio ambiente;

–Noções de conhecimento sobre cidadania, ética e religiosidade.